sábado, 5 de dezembro de 2009

Por favor defina MORAL...

você é cristão? não? tudo bem...
Então é ateu? também não? certo...
então é comunista? ah! isso sim né?
mas porque tanta autoridade assim então?
você e esse seu deus (com d minusculo mesmo) interior...
qual é o seu padrão? qual é a sua MORAL?
se não é um ou outro... deve ser bem moderno né? ERRADO!


e para brindar a vossa autoridade,
tenho um poeminha que fiz com lágrimas e sangue!
MUITO SANGUE!!! AHAHAHAHA


Eficiente que só,
Chega sempre nos horários.

Não dá bom dia para ninguém.
"são todos uns otários"

Logo pela manhã,
Possui um triste hálito etílico .
como seu peso é incalculável,
mais parece um hemofílico

a nicotina exala onde andas
Acredita nas coisas que um coelho diz.
de todas as coisas que criticas
mal sabes que estão no seu nariz

e das as crias, que não rastejam para longe do ninho
todas não são fáceis de lidar.
apenas o gene diferente,
se pode ressaltar.

e bla e bla e bla...


eu poderia continuar essa "rima-suja" por toda a noite,
ou melhor! poderia nem oferecer tal rima (poderia ser um açoite!)
(pois não seria tu, digno do meu pensar/rimar ... e rimar mal...)
mas enfim, mereces!

sabes por quê?

por que de todos que se assentam no dia de thor no por do sol,
sou eu o único que não amotina contra vós!
por que de todos os vícios que tens,
sou o único que por de trás, avantajo vossas virtudes.
politicagem a parte, quando os que servem ao Estado te martirizou,
fui o único que se calou.

botar bixo pra fora, pra uns desumano,
para nós, agir com o tutano!
mas onde está a graça da sua moral?
o que faz diferente nesse trabalho afinal?
chamar o freguês, agir com falsa polidez?
ou atrair o cliente deixando que na infancia o chamem de parente?


até agora o que me fez, foi um favor.
não transforme o meu descanço e pavor.
não dependo da sua graça,
mas largue o meu cabelo e isso basta!


p.s.: fica a dica

http://www.orkut.com.br/Main#Community?rl=cpp&cmm=52632264

Um comentário:

Raízza Lorrany disse...

Por favor senhor, viva a moralidade, e a exija depois!
Tapa de luvas com um pequeno detalhe, havia lá dentro, bem no fundo, um tijolo.

Alma lavada.