quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Revolucionario

o que é revolução? O que te ensinaram sobre revolução? e... o que é um revolucionário? Vc se acha um? Então antes que você vista a camiseta do “che” e saia por ai querendo mudar o mundo, recomendo-lhe severamente que comece a revolucionar-se agora!

Pra começar, faça o contrário... (eu esse tipo de conselho geralmente vem em muitos pps....), mas eu digo, faça o contrário mesmo! Se vc se acha revolucionário, esqueça! Comece do zero. Lembre-se: revolução nada mais é do que uma volta da terra em torno do sol! Comece com pouco: de uma volta em torno de si mesmo, e só assim vc vai poder começar a dar volta em torno dos outros...

Se vc possui um style diferente, viva um dia revolucionário, seja o mais normal possível , mesmo que seja um dia. Lembre-se: antes de mudar (ou achar que vai mudar) os outros, “distorça-se” .

Trabalhe duro caso seja um “vagaba” ou caso “proletário”, tire um dia de pernas para o ar... faça isso mesmo! Exatamente o contrário... ah?! Vc é pagão? Então não perca tempo, vá a uma igreja cristã. E vc? é cristão? Experimente ver o outro lado... Exatamente como a terra não prevê! Faça algo assustadoramente diferente.

O convite que lhe faço nesta hora é de um verdadeiro revolucionário. Transforme-se!

Permita-me lembrar-lhe outra coisa, seu mundo não é seu! Por mais que o cetro, o manto e a coroa do seu reino tenha o seu nome, lembre-se: seus camponeses te odeiam! Eles são sua verdadeira vontade de ser. Enquanto você passa o dia inteiro sentando no trono da sua mente (achando que está) dando ordens, seus camponeses passam o dia inteiro bebendo e farreando na taverna! Imite-os... seja um deles, conquiste-os, seja um deles, seja um deles, SEJA UM DELES! Sua mente precisa ser conquistada, revolucionada. E se vc não fizer isso a tempo, outros farão na sua mente. No seu reino.

Neste meio de texto (digo) vida, chamo-lhe a atenção para outra coisa, o tempo da revolução. O que vc fará quando revolucionar tudo que acha que precisaria ser revolucionado? Ou, qual será a próxima medida a pós sua revolução pessoal? Seria a revolução mundial? E depois? Então, vai outra chance de continuar eternamente uma revolução. Aja como o mar: tenha sal, seja: ora calmo ora impetuoso, tenha ressaca. Levante e abaixe a maré e não se esqueça de mudar conforme a lua! Ah! Eu já estava esquecendo. Da principal função do mar: tome a terra pouco a pouco.

Por fim, meu jovem “guevara”, acemder o charuto antes ou depois da revolução, pouco importa, por que acender o charuto, não é pra você, mas pra foto....



5 comentários:

L. Angelis disse...

Acho que essa parte resumi tudo:
"Eu já estava esquecendo. Da principal função do mar: tome a terra pouco a pouco."

Apenas isso seria suficiente para compreender o resto.
Mas revolucionar-se é a coisa mais difícil do mundo! Principalmente se seu objetivo é fazer isso em definitivo e não apenas por um dia.

Bravo cavaleiro, mas uma vez como a muito tempo, delicio-me com seu pensamento e sua escrita. A maneira bela como se deve ver a vida de outro prisma.

Aguardo de ti sempre o melhor, como o melhor sempre oferece!

Perscrutatore disse...

eie, este é o meu blog! hihihi resolvi vim ka hoje pq vou postar alguma coisa lá.. tchau, passa la depois

Perscrutatore disse...

- obrigaaada pelas dicas,

Perscrutatore disse...

oi oi

Fragmentos concisos disse...

É, irmão! Acho que vc me descreveu aí. Vc me conheceu em outras vidas? kkkkkkkkk
Vc tb tem um dom. Que legal saber que vc usa isso para comover e mover pessoas. Deus use vc para revolucionar seus leitores.
Hj estou assim, recolucionando-me sem parar e desejo isso a vc, revolução constante!

Um abraço!